Empresa de Tecnologia e Informática (TI) São Paulo - especializada em Consultoria e Suporte Técnico em Linux Microsoft Windows 2000/2003/2008 Server - Terceirização Help Desk - , Atendimento Avulso ou sob contrato - sábado, domingo e feriados 24 horas - Technical Supporting Microsoft Linux - Clique aqui ou nas imagens abaixo - Smart Union Consultoria - 11-5096-2002 São Paulo SP
 
 

Smart Union Consultoria São Paulo - SP - Atendimento com técnico especializado em recuperação de PC com Windows, Linux. Recuperamos arquivos. Smart Union São Paulo.

Atendimentos Técnicos em
 Informática São Paulo
 24 hs - Segunda/Sábado

 

Smart Union Consultoria São Paulo - SP - Controle de Acesso à Internet, Geração de Relatório de Acesso à Sites de Internet, Orkut, MSN, Messenger, Lista de sites acessados, monitoramento de download e msn, visualização gráfica – Smart Union Consultoria São Paulo (11) 5096-2002

Controle os sites acessados
em sua empresa e ganhe produtividade.

 

Smart Union Consultoria São Paulo - SP - Configuramos Patch-Panel, Racks, Fibra ótica, Patch cords, PABX, Organização de Cabos.

Cabeamento Estruturado
Instalação e Projeto de Voz/Dados

 
Smart Union Consultoria São Paulo - SP - Diminua o custo de licenças de seu Servidor. Legalize suas licenças.

Migração Rápida
Microsoft para Linux 
estações Windows XP
Valor Licença = Zero 

 
 
Nome
E-mail
 
Login
Senha

Conheça a área de Download's
Públicos da Smart Union.

Ainda não tem uma senha?
Clique aqui


IP Atual: 54.205.150.215

Data: 2/12/2016 (20:18:30)

FAQ sobre LINUX

(Veja também "Menu de Produtos e Serviços em Linux")

A SMART UNION trabalha com LINUX desde 1998, representado pela expertise dos sócios iniciada pelo uso do Unix e SCO-Xenix nos idos dos anos 80. Veja "Serviços LINUX (Red Hat/Debian/SUSE) para Empresas."

Criamos essa área para elucidar várias dúvidas sobre essa ferramenta fantástica, e elaboramos os textos direcionados aos Administradores das Empresas, que querem diminuir seu custo de Licenciamento de Software e reutilizar seu antigo parque de computadores.

Esperamos que as informações contidas aqui sejam de grande valor para sua melhor decisão futura. Estamos semanalmente atualizando essa lista.

INDÍCE do FAQ LINUX

_________________________________________________________________

O que é o LINUX? 

Linux é uma implementação do UNIX (que antes somente rodava em computadores de grande porte), iniciada por Linus Torvalds, que é rodado em diversas plataformas incluindo Intel, Sparc, PowerPC, e Processadores Alpha. Dezenas de aplicações já foram escritas para o LINUX, e algumas delas dentro do projeto GNU (leia no FAQ de Licenciamento).

Como o fonte do Linux é aberto(vide “Open Source” no FAQ Licenciamento ..), é facil adequa-lo e atualiza-lo rapidamente com um custo de propriedade bem baixo. Essa flexibilidade tem permitido ao LINUX ser rodado em vários tipos de equipamento, desde de palmtops até cluster de dezenas de Servidores (a Google tem milhares de servidores rodando Linux, por exemplo).

Atualmente o LINUX já substituí vários Sistemas Operacionais, desde do Windows 98 nas estações ou o  próprio Microsoft Windows 2000 Server nos Servidores, com a devida economia nas licenças de uso. Nos provedores de conteúdo (UOL, TERRA por exemplo), o LINUX é utilizado para os Servidores de Correio bem como para os Servidores WEB e FTP, devido à sua robustez.

          Palavras do idealizador do Linux, sr. Linus Torvalds:

“Devido ao fato do Linux ser livre, não há necessidade de pressões para liberá-lo antes deste estar pronto para atingir uma quantidade de venda no mercado.

Cada versão do Linux é declarada finalizada quando este está realmente finalizado, o que explica por que ele é tão robusto.

Outra razão para que um software livre seja a melhor escolha é devido a reputação pessoal do desenvolvedor estar totalmente ligada a cada versão liberada e por ninguém gostar de ter a reputação manchada por erros numa comunidade com milhares de especialistas."

<Voltar ao Topo - FAQ LINUX>

Onde posso conseguir o Linux?

Por diversos meios: desde copiar a partir da internet, comprar um CD-ROM em bancas de revista, comprar um CD-ROM nos sites especializados em venda de distribuições Linux a baixo custo, até mesmo comprá-lo em grandes lojas.

O pacote Linux custa em média R$80,00 e pode ser copiado e instalado em todos os computadores da empresa. Essa é a forma mais garantida.

Entretanto se você desejar copiar uma distribuição Linux para seu computador , visite os sites das distribuições atuais e escolha uma das opções disponíveis, com custo totalmente grátis.

Algumas empresas já vendem os equipamentos com o LINUX Gráfico embutido, como o Magazine Luisa www.magazineluisa.com.br (veja a diferença nos preços de um equipamento com Linux e outro com Windows).

            (leia também sobre Distribuições LINUX)

<Voltar ao Topo - FAQ LINUX>

A quem pertence o LINUX?

Um grande número de pessoas tem sua participação no LINUX, e respondendo a pergunta, o LINUX não pertence a ninguem.

Alguns anos atrás, alguém registrou o nome “LINUX” com intenções de extorsão em mente. Após uma batalha judicial, o nome LINUX passou a ser propriedade do sr. Linus Torvalds, que foi quem escreveu a primeira versão em 1990 (e quem tambem controla o desenvolvimento das versões atuais juntamente com milhares de desenvolvedores).

O Linux é sempre liberado sob um licenciamento GPL (veja FAQ sobre Licenças), apoiado pelo governo dos Estados Unidos e por várias leis de direitos autorais.

Esta licença permite a qualquer um usar o LINUX, modificá-lo, vende-lo, dá-lo ou qualquer coisa mais que se queira fazer com ele. Isto requer que QUAISQUER modificações, adições, consertos, ou produtos integrados com o LINUX também esteja sob licenciamento GPL, e que o código fonte seja disponibilizado sem custo ou restrição.

<Voltar ao Topo - FAQ LINUX>

O que são distribuições Linux?

Quando uma nova versão de LINUX é liberada (cada 2 anos ou mais) ele fica disponível para qualquer um que queira olhá-lo, usá-lo ou vendê-lo. 

Empresas e organizações empacotam o KERNEL (coração do Linux)  e todos os seus utilitários e criam seus próprios métodos de instalação com centenas e talvez milhares de programas e documentações adicionais. A esse conjunto chamamos de Distribuição (com o apelido de “distro” nos meios tecnológicos)

Cada distribuição tem sua própria característica e visam sempre um tipo diferenciado de clientes (usuários). Uma empresa deve selecionar a distribuição que melhor se adeque às suas necessidades. Lembre-se que todos são LINUX e são sempre muito similares.

Enquanto existem dezenas de distribuições LINUX (345 em 2005), apenas algumas são realmente significativas para a maior parte das empresas usuárias. Primeiro temos uma lista da grande maioria das distribuições existentes (proveniente da www.distrowatch.com), baseado no número de pessoas que pesquisam e trocam documentos sobre versões de Linux.

No Brasil temos um expoente que é o Conectiva Linux, mas não temos um orgão oficial brasileiro que nos mostre estatísticas confiáveis sobre  as distribuições.

<Voltar ao Topo - FAQ LINUX>

Quais são as 10 maiores Distribuições Linux ? (4 maiores são: Red Hat, Debian, Suse e Mandrake):

Rank DistroWatch(Mar/2005)
1. Mandrakelinux
2. Fedora Core(Red Hat)
3. SUSE LINUX
4. Debian GNU/Linux
5. Ubuntu Linux
6. Gentoo Linux
7. Slackware Linux
8. Knoppix
9. MEPIS Linux
10. Xandros Desktop

<Voltar ao Topo - FAQ LINUX>

Distribuição Red Hat Linux (FEDORA Core)

É a lider em distribuição nos Estados Unidos com uma grande margem sobre os demais distribuidores. A Red Hat é uma empresa muito experiente em marketing e tem sempre dado um completo suporte à comunidade de entusiasta em LINUX.

Recentemente a Red Hat decidiu descontinuar seus produtos de baixo custo para os usuários finais, para se concentrar na sua linha avançada de produtos. A continuidade do desenvolvimento  da distribuição de baixo custo ficou agora conhecido como Projeto Fedora, um projeto comunitário, com total cooperação da Red Hat.

Os produtos para servidores da Red Hat tem um contrato de suporte anual, com preços dependendo das necessidades dos consumidores (de US$350 até vários milhares de doláres) e da versão comprada – que não necessariamente você terá que parar de usá-la caso não queira renovar o contrato.

<Voltar ao Topo - FAQ LINUX>

Distribuiçao SuSE

Anteriormente uma empresa alemã com presença bem forte nos Estados Unidos, foi recentemente adquirida pelo líder em redes, Novell. SuSE, a líder em distribuição Linux na Europa,  pioneiramente pôs o LINUX em mainframes IBM e foi selecionada pela Sun Microsystems para ser seu programa Linux das estações de trabalho.

Diferentemente da Red Hat, a SuSE está continuando seu o trabalho sobre as distribuições Pessoal ou Professional de baixo custo. Ela tem tambem produtos avançados para servidores, totalmente competitivo com outras distribuições LINUX, bem como para os computadores de uma rede corporativa.

As distribuições SuSE são de altíssima qualidade, e eles tem um time de desenvolvimento bem grande que é também a principal equipe desenvolvedora para a distribuição United Linux, um esforço cooperativo feito pela SuSE e outras distribuições como a Turbo Linux, Conectiva e Caldera.

Uma das características do SuSE Linux incluem o Yast, um programa de instalação e configuração de fácil uso, e uma vasta quantidade de títulos “Open Source” inclusos no pacote.

<Voltar ao Topo - FAQ LINUX>

Distribuicão DEBIAN

É muito popular entre os entusiastas LINUX. Debian é produzido por voluntários, não por uma empresa comercial, e mantem um alto grau de integridade com as políticas de “Open Source”.

A especialidade do Debian é o fácil “upgrade” e instalação de pacotes de aplicação. Enquanto não é muito requisitada e escolhida pela empresas comerciais (a Debian não investe em marketing), ele é sempre introduzido nos nas empresas por entusiastas e conhecedores de LINUX. Isto não é um problema, pois é uma distribuição de alta qualidade.

<Voltar ao Topo - FAQ LINUX>

Distribuição MANDRAKE

Especializou-se na fácil instalação e uso de aplicações para computadores desktop (estações de trabalho) e servidores mais simples. Originalmente criado a partir de uma variação do Red Hat, agora ele segue seu próprio caminho, com suas próprias características.

Mandrake foi a primeira distribuicao a ser utilizada nas estações de trabalho, e tem estabelecida uma grande base de seguidores nos Estados Unidos e França.

Também foi a primeira distribuição a lançar uma versão do XBOX para Linux.

<Voltar ao Topo - FAQ LINUX>

Quais são os pacotes LINUX disponíveis atualmente e qual é a similaridade com o mundo WINDOWS?

Pacotes OPEN SOURCE disponíveis atualmente para LINUX Equivalente no Mundo Windows
Servidores  
    QMAIL - Servidor de Correio MS Exchange
    Postfix - Servidor de Correio MS Exchange
    Apache - Servidor Web IIS
    SMB - Servidor de Dados similar ao Windows 2000 Windows 2000/2003/NT 4.0
    PHPNUKE (Apache/PHP/MYSQL) - Servidor de Intranet Sem similar
    JABBER – Servidor de Instant Messaging Sem similar
Banco de Dados  
FirebirdSQL Sql Server/Access
MySQL Sql Server/Access
PostgreSQL Sql Server/Access
Ingres Sql Server/Access
Interface Gráfica -
X.Org Windows 98/ME/2000/XP
XFree86 Windows 98/ME/2000/XP
Ambiente de Desktop  
GNOME Windows 98/ME/2000/XP
KDE Windows 98/ME/2000/XP
Ximian Windows 98/ME/2000/XP
Window managers  
AfterStep Windows 98/ME/2000/XP
Blackbox Windows 98/ME/2000/XP
Ctwm Windows 98/ME/2000/XP
Window Maker Windows 98/ME/2000/XP
Pacote de Software  
OpenOffice (funcionalidade com Microsoft Office, incluindo compatibilidade de arquivos; exceto para o Banco de Dados Access) Office 97/Office 2000
Koffice Office 97/Office 2000
Gnome Office Office 97
Gerador de PDF  
Ghostscript Pacotes da ADOBE
PDFCreator Pacotes da ADOBE
Processador de Texto  
OpenOffice (funcionalidade com Microsoft Office, incluindo compatibilidade de arquivos; exceto para o Banco de Dados Access) Word For Windows
E-mail Estação  
Kmail Outlook Express
Mozilla Outlook Express
Mozilla Thunderbird Outlook Express
Mutt Outlook Express
Instant messaging  
Exodus  
Gaim Permite a utilização de acessos para vários servidores, como MSN, Jabberd, ICQ, AOL, YAHOO 
Kopete  
Miranda IM  
Psi  
aMSN — MSN messenger clone Messenger
Acesso Remoto  
RealVNC Pc Anywhere
TightVNC Pc Anywhere
UltraVNC Pc Anywhere
Web browsers  
Konqueror Internet Explorer
Mozilla Internet Explorer
Mozilla Firefox Internet Explorer
Media players  
CoolPlayer Media Player
VLC media player Media Player
Totem Media Player
Xine Media Player
Mplayer Media Player
Media Player Classic Media Player
K!TV - Visualização e gravação de imagem de TV  
CD-Software de Gravação  
Cdrecord Nero
Cdw Nero
Freeburn Nero
Gnome Toaster Nero
X-CD-Roast Nero
Anti-virus  
Open Antivirus Norton/AVG
ClamAV Norton/AVG
Anti-Spam  
SpamAssassin  
Firewall  
Coyote Linux  
IPFilter  
SmoothWall  
Monitoramento  
Nagios – Sistema de Monitoramento de Rede  
MRTG - monitor do Tráfico  


<Voltar ao Topo - FAQ LINUX>

Que empresas no mundo usam o LINUX?

Diversas empresas utilizam o Linux hoje em dia, abaixo você vê uma lista das maiores empresas, que usam o linux em seus sistemas, seja em conjunto com o Windows, ou Linux independente. Antes leia o artigo.

Veja artigo da IDG NOW – Feito no final de 2004

"Estudo: 78% das companhias brasileiras usam Linux nos servidores

Um levantamento realizado com 238 empresas brasileiras pelo TechLab, divisão de pesquisas da consultoria E-Consulting, revelou que 78% delas utilizam o sistema operacional de código aberto Linux no Servidor, pelo menos em uma aplicação.

De acordo com o estudo, do total de companhias consultadas, 14% já têm alguma iniciativa de Linux nos desktops (estações da Rede). Já entre aquelas que não possuem nenhum tipo de projeto nessa área (86%), 77% pretendem iniciar pelo menos um programa-piloto até 2005.

Dos US$ 19 bilhões de investimentos em Tecnologia da Informação projetados para este ano pela E-Consulting, o TechLab prevê que 38,5% desse total - US$ 7,3 bilhões - estejam relacionados à plataforma Linux."

<Voltar ao Topo - FAQ LINUX>

GRANDES EMPRESAS NO MUNDO USANDO O LINUX:

Empresas que usam o LINUX Site Relacionado
Computer Associates http://www.ca.com/br/index.asp
Hewlett Packard  http://welcome.hp.com/country/br/pt/welcome.aspl
Dell Computers  http://www1.la.dell.com/content/default.aspx?c=br&l=pt&s=gen
International Business Machine http://www.ibm.com/br/index.aspl
Intel Corporation http://www.intel.com/portugues/index.asp
Oracle http://www.oracle.com.br
SAP http://www50.sap.com/brazil/index.asp
Unibanco S/A http://www.unibanco.com.br/hom/index.asp
Bradesco S/A http://www.bradesco.com.br
Itau S/A http://www.itau.com.br
Banco do Brasil http://www.bb.com.br
Uol http://www.uol.com.br
Google http://www.google.com


<Voltar ao Topo - FAQ LINUX>

Estou em dúvida em colocar o LINUX na minha empresa, como eu deveria calcular meus custos /benefícios dessa possível decisão?

Além do custo reduzido, existem algumas questões que devem ser analisadas pelo tomador de decisão. Leia também "Licenciamento de Softwares", para obter maiores informações sobre “OPEN-Source”. Dividiremos o uso do LINUX nos Servidores e na Estação.

A)Uso do Linux no Servidor da Rede Local(Servidor de Arquivo, Acesso a Internet etc..):

Liberdade: A Plataforma Linux foi desenvolvida e testada por milhares de profissionais em todo o mundo. Seu código fonte é aberto; qualquer um pode modifica-lo e redistribui-lo de forma totalmente livre, sem custo algum e sem depender de algum fabricante específico.

Baixo custo de Propriedade(TCO): Software livre não tem custo de licença: seja por máquina ou por usuário.

Estabilidade e Robustez: Servidores Linux são bem conhecidos pela sua confiabilidade. Seu Servidor Linux irá rodar por meses e até por anos, e você raramente irá necessitar reinicializa-lo.

Performance: O Linux é facilmente configuravel para atender às necessidade especificas das empresas, e ele usa todos os recursos de forma inteligente. Por conta disto ele pode rodar em máquinas antigas (como 386,486), que de outra maneira seriam aposentadas.

Adoção pelo Mercado: O uso do Linux cresce rapidamente no mundo todo. A Amazon.com economizou US$17 Milhões na migração para plataforma Linux. A GOOGLE hoje adotou totalmente o Linux, com mais de 100.000 máquinas instaladas e formando a maior base instalada jamais vista.

Portabilidade: O Linux roda em todos os hardwares conhecidos, de um IBM 390 até Palmtops. Se você desenvolve alguma solução em LINUX, é muito fácil pô-la funcionando em outros hardwares.

<Voltar ao Topo - FAQ LINUX>

Veja abaixo planilha comparativa LINUX versus WINDOWS, para facilitar uma tomada de decisão:

 Tipo  Função
LINUX
Microsoft Windows
Pacote Custo Pacote Custo
Servidor de Dados Manter base de dados de usuários/Senhas SAMBA zero Windows 2000/2003 Server mais de R$3.500
Manter areas compartilhadas com Senha
Permitir integração com as máquinas Windows
Servidor de Correio Manter base caixas postais com usuarios/senhas QMail/Postfix zero MS-Exchange mais de R$3.500
Receber/Enviar Emails do domínio da Empresa
Servidor de Internet Web Server para armazenamento de home-pages APACHE zero Internet Information Server (IIS) mais de R$3.500
Permitir acesso externo às Páginas armazenadas
Servidor Firewall Máquina protetora contra acessos não autorizados Iptables/SQUID zero Windows 2000/2003 Server + Proxy Server mais de R$5.000
Compartilhamento de acesso a Internet para a Rede Local
Banco de Dados Servidor responsável para armazenamento de dados para as aplicações MYSQL/PostGres/Ingres zero SQL Server mais de R$3.500
Mantem base de usuários/senhas para acesso.
Antivirus Eliminar virus em arquivos ou anexos de email. Enviar mensagens para o administrador sobre emails em quarentena CLAMAV (+AGENTE) zero Norton Antivirus Mais de R$1.500
Antispam Eliminar ou desviar emails contendo palavras chaves ofensivas ou contendo padrões de conteúdo que automaticamente determinem ser um SPAM.   SPAMASSASSIN (+AGENTE) zero   checar
Servidor de Instant Messaging

Servidor INTERNO que possibilita a troca de informações entre estações da LAN ou WAN, de uma forma segura e de controle total pela Empresa.

Não confundir com os servidores de MSN ou YAHOO que usam servidores externos e que todo o catalogo de nomes fica disponivel na Internet, sem proteção alguma

  
JABBERD (Servidor)

/

Exodus/Gaim/PSI

zero Servidores Externos Consumindo a Banda de Internet da Empresa 

Uso maior da Banda de Internet

Suíte de aplicativos de Automação de Escritório (pesquise sobre o case do Metrô de São Paulo) Pacotes contendo vários programas compativeis com EXCEL, WORD, POWERPOINT. Dentro do ambiente gráfico do Linux é possível termos um Browser e um software para recebimento /envio de email. LINUX GRÁFICO , OPENOFFICE , MOZILLA, KMAIL zero WINDOWS XP + OFFICE Mais de R$2.000 por estação na Rede Local
Hardware Servidor Manter as funções básicas de um Servidor CPU 600Mhz ou superior, com um mínimo de 128 Mbytes RAM R$300 CPU 1.2Ghz ou superior, com um mínimo de 512 Mbytes RAM checar


<Voltar ao Topo - FAQ LINUX>

B-Uso do Linux nos computadores da minha Rede Local (Estações rodando Pacotes Office, c/acesso à Internet e correio eletronico):

Um PC com tudo-onboard "típico" para edição de textos, internet e a multimídia (cd no drive com caixas de som), 128MB de RAM, monitor e periféricos (sem impressora) sai em torno de R$1.400,00 nos anúncios de qualquer caderno de informática nos principais jornais do país.

Nestes mesmos espaços negocia-se o WinXP OEM por R$400,00 em média. Este responderia por 28% do custo total.

O Linux é baixado ou comprado por preços não superiores a $80,00, sendo possível copia-lo para TODAS as máquinas por esse mesmo custo.

Enquanto o Windows "instala apenas o Sistema Operacional", no Linux tem-se uma série de softwares de apoio, como editores de texto, navegadores, cd players, compiladores e outros produtos instalados conjuntamente, dependendo do perfil escolhido.

Se formos analisar a aquisição do MS Office, por exemplo, o custo total de compra do PC saltaria para R$ 3.300,00 e os softwares da Microsoft corresponderiam a 58% (R$ 1.500,00 + 400,00).

Exemplo no Brasil: O Metrô de São Paulo utiliza todas as estações com Linux Gráfico+OpenOffice.

<Voltar ao Topo - FAQ LINUX>

Quais são os prós e contras no uso de Linux e o Open Office?

Prós ao uso do Linux

  • Custo zero para pôr as máquinas com todas as licenças TOTALMENTE regularizadas.
  • Algumas aplicações são totalmente intuitivas e de fácil aprendizado.
  • A maioria dos vírus disseminados são desenhados para máquinas Windows.
Contra ao uso do Linux (leia Mitos)
  • Algumas aplicações (como o Access) ou algumas planilhas específicas em Excel(contendo macros), poderão não ser abertas em esse novo ambiente.
  • O usuário ainda não familiarizado com o novo ambiente, poderá ter algum tipo de dificuldade inicial.

<Voltar ao Topo - FAQ LINUX>

Quais são os MITOS sobre o uso do LINUX pelo usuário final?

Mito 1= O Linux gráfico é muito complicado.

1)As principais distribuições Linux já centralizaram a sua configuração num "centro de controle" específico, podendo-se trabalhar tranqüilamente em modo gráfico.

2)Muitas das configurações no Linux são realizadas diretamente na instalação: teclado, mouse, vídeo, dvd, cd, cdrw, som, impressora, rede (TCP/IP, DHCP), etc, sendo que neste último tópico necessita-se o mesmo nível de conhecimento para ter a rede funcionando. Não necessita-se, na maioria das vezes, de instalar-se drivers do fabricante.

3)Os dois sistemas podem ser manejados via "menu iniciar", "meu computador" e outras áreas similares, intuitivas para quem vem do mundo Windows.

<Voltar ao Topo - FAQ LINUX>

Mito 2= O Windows é mais fácil de ser consertado pelo usuário final.

1)A grande maioria dos usuários de Windows não tem a menor idéia de como fazer o manejo do próprio Windows; diriamos com certeza de que até um simples desfragmentar de disco não é realizado freqüentemente, nem se tem noção da sua existência (sem alguém duvida, pergunte ao seu próprio pessoal que usa o computador).

2)No Linux, muitas alterações podem ser feitas DIRETAMENTE EM ARQUIVOS DE CONFIGURAÇÃO ou então com programas gráficos; no Windows, muitos acertos no sistema têm de ser feitos de uma forma forçada, pois não há nenhum utilitário para isto.

<Voltar ao Topo - FAQ LINUX>

Como instalo o LINUX?

Ultimamente a instalação do LINUX é totalmente executada em tela gráfica, e com o auxilio do mouse.
Porém você deve se preparar para ter em mente quais são as principais funções designadas para a máquina em questão.

Por exemplo, para a montagem de um Firewall, você precisará ter uma máquina bem modesta, como um Pentium 166, com 128 Mbytes de Memória, 2 boas placas de Rede (preferivelmente 3COM ou Realtek) e um HD de no mínimo 2 Gigabytes.

Para um Servidor de Rede ou um WEB Server, sua preocupação deve se voltar para um processamento mais poderoso usando processadores com velocidade de 1.0 Ghz para cima, tendo 256 Megabytes de memória e um HD de 40 Gigabytes no mínimo.

Em todos os casos em vista da economia em licença, invista em obter o melhor hardware quanto possível.

Opte em trabalhar com distribuições conceituadas, como a Debian, a Fedora(Red Hat), Conectiva ou SUSE.

<Voltar ao Topo - FAQ LINUX>

Passos básicos para a Instalação do Linux:

a)Obtenha a versão estavel da distribuição LINUX escolhida. Clique nos links disponíveis em nossa página, para saber onde obte-la. Somente se necessário faça um download dos CD-ROMs.

É mais barato obter o CD-ROM diretamente das empresas autorizadas. O custo normalmente está em torno de R$80,00 + frete e eles são garantidos contra defeitos.

b)Verifique se o Hardware está em bom funcionamento. Utilize algumas ferramentas de checagem em nossa área de Download. É importante que haja um dispositivo de CD-ROM devidamente instalado e configurado em sua BIOS.

Sempre mantenha o CD-ROM como um dispositivo SLAVE na segunda controladora IDE disponível, assim fica mais fácil adicionar novos discos rígidos futuramente, sem grandes traumas. (/DEV/HDD)

c)Siga as instruções de instalação contidas nos manuais que você obtem gratuitamente na Internet. Dispomos de alguns traduzidos em nossa área de Download, que facilitará seu trabalho.

d)Após a instalação, tendo escolhidos os pacotes necessários, configure os serviços:

<Voltar ao Topo - FAQ LINUX>


Primeiro entenda sobre as classes Ips (veja também o FAQ sobre Redes de Computadores):

Ips não roteaveis, isto é, números únicos para as máquinas a serem utilizados somente dentro de sua Rede Local (conhecidos como Ips frios) :

  • 127.0.0.1 (local loopback)– endereço padrão para utilização em testes (ping 127.0.0.1 respondendo, indica que o protocolo IP está disponível em sua máquina).
  • Classe A – de 10.0.0.0 até 10.255.255.255 - permite endereçar até 16,5 milhões de máquinas
  • Classe B – de 172.16.0.0 até 172.31.255.255 - permite endereçar até 1 milhão de máquinas
  • Classe C – de 192.168.0.0 até 192.168.255.255 – permite endereçar até 65 mil máquinas

Observação sobre Ips não roteaveis: NUNCA utilize o primeiro ou o ultimo numero para definição de um endereço para suas máquinas. Use o padrão mais comum que é 192.168.0.x, com mascara de subrede igual a 255.255.255.0, onde x varia de 001 até 254.

Ips roteaveis são os IPS controlados pela FAPESP(Brasil) ou Internic (Mundo). Normalmente a numeração começa em 200.x.x.x e são conhecidos como Ips quentes. E são fornecidos pelo seu provedor de acesso.

É muito grande a gama de configurações possíveis para seus novos servidores. O que podemos fazer inicialmente é dar-lhes algumas dicas importantes dentro de cada contexto dos servidores, que certamente facilitará sua instalação.

<Voltar ao Topo - FAQ LINUX>

Daremos 3 exemplos mais comuns, como o Firewall, um WEB Server e o SAMBA.

Básico Firewall (Iptable/Squid)

Obtenha junto ao seu Provedor (Speedy, Virtua, AJATO) as informações sobre Endereço IP Quente, Gateway, Mascara de Rede e números DNS.

A Virtua e AJATO exigem que você informe o MAC ADDRESS das placas, e isto é facil de obter, usando o comando IFCONFIG na linha de comando. Informe todos os MAC ADDRESS disponíveis.

Etiquete cada placa de rede com o nome “Internet” e “Rede Local”, tão logo você saiba quem é quem. Isto evitará muitas dores de cabeça no futuro.

Preocupe-se em colocar imediatamente um script que proteja contra acessos indesejados de Hackers e que compartilhe a Internet com todas as demais máquinas.

Escolha um numero Ip frio. O mais comum é 192.168.0.1 para o Servidor, com mascara 255.255.255.0.
Configure o “gateway” padrão das demais máquinas apontando para o IP do Firewall (no exemplo, 192.168.0.1).

Seguindo o exemplo, inicie as numerações das demais máquinas a partir do 192.168.0.30, para termos bastante numeros disponíveis para eventuais Servidores.

Veja as diretivas :

IPTALBES/IPCHAINS:PREROUTING/INPUT/OUTPUT/FORWARD C/ (ACCEPT,DENY)

SQUID:HTTP_PORT, AUTH_PARAM (AUTENTICAÇÃO)

<Voltar ao Topo - FAQ LINUX>

Básico Web Server (Apache)

Preocupe-se em saber o IP de sua Rede Interna e a interrelação com o Firewall existente. Um Web Server é muito visado pelos Hackers, portanto um Firewall (de preferencia DMZ) é muito importante para sua proteção.

Peça para seu técnico de Firewall fazer o devido roteamento EXTERNO para a porta 80 de sua máquina WEB Server.

Transfira suas páginas para os diretórios padrões correspondentes. Veja cláusula "DocumentRoot"

Estude o arquivo HTTPD.CONF para melhor configurar seu servidor. Veja as cláusulas :"ServerRoot","Listen", "ServerName" e "VirtualHost"

Veja também sobre MYSQL, PHP e PHPNUKE.

<Voltar ao Topo - FAQ LINUX>

Básico Servidor de Dados (SAMBA)

Também preocupe-se em saber o IP de sua Rede Interna, para melhor configura-lo. Como esse servidor será “visto” pela Rede Windows, dê um nome que não coincida com nenhuma máquina pré-existente.

Um nome para o Servidor com no máximo 11 posições (NetBIOS), sem caracteres especiais (*/,-_ etc..), algo como “lnxsvr001” já é um bom começo, no exemplo (lnx é linux, svr é servidor e 001 um número sequencial).

O DOMÍNIO (entidade que representa as correlações das estações/usuários com o Servidor) é outro item muito importante, pois o LINUX tem precedência sobre as outras máquinas Windows da Rede. Veja Cláusula "os level".

Cheque se o seu novo servidor não terá algum tipo de conflito na manutenção do Domínio com algum Servidor Windows NT 4.0, 2000 ou 2003 ou Linux SAMBA, pré-existentes. Veja Clausula "domain logon".

O principal conflito refere-se a duplicidade de controladores para um mesmo domínio. Ex: Os Servidores "lnxsvr003" e "lnxsvr004" estão configurados para controlar o mesmo domínio "MINHAEMPRESA"

Estude o arquivo SMB.CONF para melhor configurar seu servidor SAMBA. Veja Cláusulas "workgroup", "netbios name" e "security"

Veja : "Master Browse",Autenticação e SAMBA X XP/2000 Kerberos

<Voltar ao Topo - FAQ LINUX

Como faço um backup do Sistema Operacional Linux para um outro disco rígido?

Supondo que seu servidor tenha o primeiro disco (/dev/hda) contendo SOMENTE o Sistema operacional e um terceiro disco (/dev/hdc) livre para a finalidade da cópia, execute o seguinte comando, estando como o "root":

cat /dev/hda > /dev/hdc

Lembre-se que essa operação é destrutiva para os dados do disco /dev/hdc e deve ser executada por pessoa treinada. Esse comando funciona para disco IDE. Para discos SCSI, veja a documentação específica.

<Voltar ao Topo - FAQ LINUX

[Mapa do Site] [Lista de Produtos&Serviços ] [Como Trabalhamos]

[Plano de Informática Grátis] [Serviços Linux] [Serviços Windows] [Atendimento Técnico]

©2005 Smart Union - Todos os Direitos Reservados