c
Empresa de Tecnologia e Informática (TI) São Paulo - especializada em Consultoria e Suporte Técnico em Linux Microsoft Windows 2000/2003/2008 Server - Terceirização Help Desk - , Atendimento Avulso ou sob contrato - sábado, domingo e feriados 24 horas - Technical Supporting Microsoft Linux - Clique aqui ou nas imagens abaixo - Smart Union Consultoria - 11-5096-2002 São Paulo SP
 
 

Smart Union Consultoria São Paulo - SP - Atendimento com técnico especializado em recuperação de PC com Windows, Linux. Recuperamos arquivos. Smart Union São Paulo.

Atendimentos Técnicos em
 Informática São Paulo
 24 hs - Segunda/Sábado

 

Smart Union Consultoria São Paulo - SP - Controle de Acesso à Internet, Geração de Relatório de Acesso à Sites de Internet, Orkut, MSN, Messenger, Lista de sites acessados, monitoramento de download e msn, visualização gráfica – Smart Union Consultoria São Paulo (11) 5096-2002

Controle os sites acessados
em sua empresa e ganhe produtividade.

 

Smart Union Consultoria São Paulo - SP - Configuramos Patch-Panel, Racks, Fibra ótica, Patch cords, PABX, Organização de Cabos.

Cabeamento Estruturado
Instalação e Projeto de Voz/Dados

 
Smart Union Consultoria São Paulo - SP - Diminua o custo de licenças de seu Servidor. Legalize suas licenças.

Migração Rápida
Microsoft para Linux 
estações Windows XP
Valor Licença = Zero 

 
 
Nome
E-mail
 
Login
Senha

Conheça a área de Download's
Públicos da Smart Union.

Ainda não tem uma senha?
Clique aqui


IP Atual: 54.243.14.193

Data: 18/4/2014 (15:53:00)

Faq Licenciamento de Software

Como fazer a legalização das licenças dos softwares - Microsoft Windows e Office ao menor custo possível - utilização massiva de Thin Client e aplicações Open-Source como o Linux.

A SMART UNION também é uma revenda Microsoft e dispõe de profissionais especializados em lhe responder todas as questões sobre licenciamento de produtos Microsoft.

 A SMART UNION também auxilia às empresas a obterem a solução para a melhor utilização dos recursos computacionais de seus clientes, seja com software pago ou software livre (vide Open Source/GPL/GNU) ou através de instalação de Terminais-Burros (Thin-Client).

Indíce das perguntas sobre Licenciamento

________________________________________________________________

 Como posso economizar em Licenças Microsoft ou como legalizar minhas licenças ao menor custo possível?

Primeira solução para Estação:Transforme suas estações Windows em Linux Gráfico - e utilize o OpenOffice - Com isso haverá uma economia de R$2.000 por estação da sua Rede, com todos os recursos que atualmente é visto no Windows XP.

Custo individual por máquina = R$0,00 (Zero Reais), porém há uma ressalva: Aplicações Windows nativas ou o uso do Access não são possíveis de serem utilizadas nessa solução, porem seus funcionários acessarão a Internet, Correio Eletrônico, planilhas Excel, Documentos Word e documentos Powerpoint sem custo algum.

Segunda Solução para Estação - Software:Transforme suas estações Windows em Terminais-Burros Linux, usando nossa solução de Thin Client. Adquira uma única licença de Windows XP e uma única licença de Microsoft Office e legalize um grupo de até 21 máquinas. No exemplo para uma rede com 21 máquinas, o custo de legalização será de apenas R$351,00 por máquina. Economia total de Software para rede de 21 máquinas = R$34.600,00 - Nessa solução poderemos rodar quaisquer aplicações Windows.

Terceira Solução para Estação para Software e incluindo um Upgrade de Hardware (instalação de pequeno módulo por máquina):Transforme suas estações Windows em Terminais-Burros físicos, usando nossa solução de Thin Client. Adquira uma única licença XP e uma única licença Office para um grupo de até 21 máquinas. No exemplo para uma rede com 21 máquinas, o custo de legalização será de apenas R$351,00 por máquina + custo de upgrade da máquina que está em R$170,00. Economia total de Software para rede de 21 máquinas = R$34.600,00 - Economia total de Hardware (levando em conta o uso de máquina PII versus máquina PIV) em 21 máquinas = R$10.000,00. Nessa solução podemos rodar quaisquer aplicações Windows em máquinas de baixo poder de processamento como P166/PII/PIII/586 em geral.

Quarta Solução para Servidor - Software: Legalize seu Servidor Windows 2000/2003 server substituindo-o por um Servidor Linux com as mesmas características. Para fins de exemplo, em uma rede com 30 máquinas, economizaremos R$8.000 de licenças Server. Veja mais em "Servidor Linux"

<topo>

DEFINIÇÕES IMPORTANTES SOBRE LICENCIAMENTOS :

Como são as LICENÇAS DA MICROSOFT ?

Defina primeiro qual a licença de que você necessita -

Uma licença de um produto de software é categorizada tendo em conta três conceitos: família de produtos, produto e edição. Por exemplo, o  Microsoft® Office XP Professional,  está inserido na família "aplicações", o produto é o Office XP, e a edição é a Professional.

Família de Produtos. Os produtos de Software da Microsoft inserem-se numa das três famílias: 

fonte:http://www.microsoft.com/portugal/licenciamento/recursos/licen_101.mspx

Aplicações. As aplicações de software Microsoft são utilizadas para desempenhar funções como o processamento de texto, Planilhas de cálculo e Criação de apresentações. São disso exemplo o Microsoft Office, Microsoft Visio® e Microsoft Project. Ferramentas de desenvolvimento e utilitários, como o Microsoft Visual Studio® também se incluem na família de aplicações Microsoft;

Sistemas. Os sistemas Operacionais para computadores pessoais, como o Microsoft Windows XP Professional, controlam o computador e permitem ao utilizador instalar e correr aplicações;

Servidores. O software de programas de servidor Microsoft fornecem uma grande variedade de funções como armazenamento de bases de dados, correio eletronico, mensagens e monitorização de eventos para os colaboradores que fazem parte de uma grande rede ou unidade empresverdana, e precisam de partilhar informação. Exemplos de servidores incluem o Microsoft Exchange 2000 Server, Microsoft SQL Server™ 2000 e Windows 2000 ou 2003 Server.

Produto. É o software. Por exemplo, Microsoft Office, Visual Studio, Windows 2000 ou SQL Server;

Edição. Especifica as funcionalidades incluídas no produto. Exemplos.: Professional; Standard; Home Edition.

Determine qual a melhor opção de compra da licença Microsoft -

Fabricante de Hardware (Original Equipment Manufacturer - OEM) – 30% mais barato

    • Podem fazer o licenciamento de produtos através de um Original Equipment Manufacturer (OEM). Estes produtos, como por exemplo, os sistemas operacionais (MS Windows XP Professional) já vêm pré-instalados quando você adquire um computador novo.
    • Outra possibilidade é na compra de algum componente de hardware não periférico e vital para o funcionamento do seu computador(ex: HD, Memória, Cooler, placa mãe e etc) onde é permitido a aquisição de um produto OEM da Microsoft. O seu computador não precisa necessariamente ter sido comprado com a Revenda.

Produto Embalado (Full Packaged Product - FPP)

Caixas seladas, com o software e a licença do produto, que podem ser adquiridas numa loja ou num revendedor de software.

  Licenciamento em Volume para Empresas

As grandes empresas podem usufruir de descontos significativos ao adquirir múltiplas licenças de produto. Dependendo da dimensão e do tipo da empresa, poderá dispor das seguintes opções de compra de Licenciamento em Volume. 

Acordo Empresa 6.1. Disponível para empresas com um mínimo de cinco computadores pessoais e que pretendem uniformizar o seu parque de Informática e com isso reduzir os custos associados à sua gestão.

Licenciamento Open 6.0. Concebido para clientes que comprem pelo menos cinco licenças inicialmente.

Licenciamento para o Mercado de Educação. Se a sua organização é uma instituição de ensino, pode qualificar-se para um dos Programas de Licenciamento Academico. Os descontos chegam a 50% do valor real.

Enterprise Subscription Agreement 6.0. O programa para clientes empresariais com 250 ou mais computadores que preferem alugar - em vez de comprar - as licenças de software Microsoft. O Enterprise Subscription Agreement 6.0 permite à sua empresa uniformizar o parque informático com produtos da plataforma Empresverdana Microsoft, e usufruir de descontos com base num contrato de três anos.

Enterprise Agreement 6.0. A melhor escolha para organizações com 250 ou mais computadores que procuram uniformizar o seu parque de computadores com produtos da plataforma Microsoft  (Office Professional, actualização de Windows Professional e Core Client Access License), e usufruir de descontos com base num contrato de três anos.

Select License 6.0. Concebido para clientes que tenham 250 ou mais computadores, e que conseguem prever as suas aquisições de software durante um período de três anos.

  LICENÇAS OPEN SOURCE – GPL – GNU. O que são?

  O que é “Open Source” ou Código Livre?(vide www.bogado.net)

O Open Source é resultado de um movimento pela liberdade no software e é mantido por grandes empresas no mundo todo, inclusive pelo Governo Federal : (https://gestao.idbrasil.gov.br/software_livre/faq_sw.html).

Um grande numero de pessoas deve achar que tem liberdade de uso em seu computador, porém isso não é inteiramente verdade. Todos os programas vêm acopanhados de um contrato legal, que você "concorda" em seguir ao instala-lo.

Estes contratos, conhecidos como licenças de uso, não só limitam aonde e como você pode usar o programa como em alguns casos limitam o que você pode fazer com o programa, como na licença do MS SQL, que proíbe o uso do programa para a criação de "benchmarks".

O Open Source resolve todos estes problemas. No modelo open source, os programas não apenas são gratuitos como também são livres. Você tem acesso as instruções que geram o programa (source code) e tem o direito de altera-las ou contratar alguem para faze-lo.

O modelo “OPEN SOURCE” tem várias vantagens sobre o modelo tradicional.

  Os Projetos não morrem.

Os projetos abertos podem ser abandonados pelos seus criadores, mas nem por isso eles morrem, como o fonte é aberto e publico, novos desenvolvedores podem adotar o projeto e continuar o desenvolvimento. De fato existe um grande numero de projetos que mudaram de donos.

  Segurança

Como todos podem ver o fonte e saber como funciona cada parte do programa, os problemas são mais facilmente achados, uma vez encontrados qualquer um pode corrigir-lo.

  Estabilidade

Alem do argumento acima, que também serve para este item, os programadores de projetos open source sabem que outros programadores vão ler o código que eles estão escrevendo. Por este motivo é comum que os programadores tratem os seus códigos como se fossem "arte", tomando assim um cuidado maior para não cometer erros.

  Liberdade de escolha

Como os projetos são abertos, você não precisa engolir todas as capacidades que o fabricante acha que você precisa. Muitos softwares “Open Source” tem a capacidade de desabilitar "features" na hora da compilação (isso de fato as elimina, sem deixar vestigios), sem contar a liberdade que você tem para alterar o programa você mesmo.

  O que é GNU?

O GNU é um projeto iniciado em 1983 que tem por objetivo escrever um sistema operacional, baseado no UNIX. O projeto GNU já tem muitos programas prontos, e a maioria deles fazem parte do GNU/Linux, já o seu kernel está em desenvolvimento, chama-se Hurd.

O que é GPL?

GPL são as diretrizes dos direitos autorais que estão os programas da GNU. É uma licença de Software Livre, que garante quatro liberdades (executar, estudar, aperfeiçoar e distribuir o programa) para os usuários dos programas licenciados por ela.

É de grande importância para o desenvolvimento do GNU/Linux, pois a GPL garante que ninguém poderá "seqüestrar" o trabalho da comunidade, criando um produto proprietário de código fechado a partir do esforço da sociedade.

  O GNU/Linux é de graça?

Sim, mas ele é coberto por direitos autorais. Muitas pessoas ouvem: "O GNU/Linux é gratuito" e pensam: "Ele não tem direitos autorais.", isso é errado! O GNU/Linux é coberto por direitos autorais sim! Mas eles permitem que se distribua o programa gratuitamente.

Para tanto é preciso estar atento aos artigos da GPL. Dois deles são:

  • O fornecedor deve deixar claro que o programa que ele está fornecendo está coberto pela GPL;
  • É obrigatório que a distribuição disponibilize o código-fonte.

Eu possuo versões fora-de-linha de produtos MS, tais como o Windows 95 ou o Windows 98. Se as máquinas não suportarem o Windows XP, é possível adquirir-se o Windows XP e fazer um Downgrade. veja tambem em www.microface.com.br

fonte Microsoft (todos os direitos reservados):

http://download.microsoft.com/download/6/c/6/6c6dec76-6e69-45ef-a7fb-c2b0268592c1/downgrade_chart%20traducao0105.pdf

Os direitos de Downgrade prevêem o direito de utilizar versões anteriores de software Microsoft. Os Programas de licenciamento em volume Microsoft incluem direitos específicos de Downgrade. O quadro abaixo compara os direitos de Downgrade em licenciamento em Volume com os produtos adquiridos através de Marca Própria (OEM) e Produtos Embalados (Full Packaged Product – FPP).
Direitos de Downgrade para a oferta de Software em Select License, Licenciamento Open, OEM, e FPP por Família de Produto.

O que significa CAL e para que serve?

CAL (Client Access License) é a licença de acesso de clientes, a servidores Microsoft.

Quando você adquire um Windows Server, por exemplo, é necessário também licenciar o acesso de cada estação de rede a este Windows Server. Simplesmente possuir o Windows XP legalizado não lhe dá direito a acessar um servidor Windows 2003 com ele, sem a devida CAL.

Notei que para a maioria dos servidores Microsoft existem CAL DEVICE e CAL USUÁRIO (USER). Qual a diferença entre elas?

fonte:http://www.microsoft.com/windowsserver2008/en/us/licensing-terminal.aspx
Windows Server Client Access License
Em adição à licença do Servidor, uma “Windows Server Client Access License” (CAL) ou seja “Licença de acesso de cliente ao Windows Server” é necessária. Se você desejar utilizar o Terminal Server, uma Licença incremental chama “Terminal Services Client Access License” (TS CAL) ou seja “Licença de acesso de Terminal” é necessária TAMBÉM. Uma TS CAL é necessária para cada usuário ou dispositivo.
A diferença entre Licença dispositivo ou Licença usuário noTerminal Services CALs
Dois tipos de Licenças Terminal Server Client Access estão disponiveis: TS Device CAL ou TS User CAL.
• Um TS Device CAL permite um dispositivo (usado por qualquer usuário) para utilizar as funcionalidades do Terminal Services de qualquer um dos Servidores.
• Um TS User CAL permite um usuário (usando qualquer dispositivo) para utilizar as funcionalidades do Terminal Services de qualquer um dos Servidores.
• Você pode escolher a combinação do TS Device CAL e TS User CALs simultaneamente em um Servidor.

Como devo licenciar corretamente uma rede com um servidor Windows 2003/2008?

  • A)Identifique todos os Sistemas Operacionais envolvidos das Estações das máquinas que irão acessar ao Servidor Windows 2003/2008/VISTA localmente ou remotamente. Chamemos isto de CAL.
  • B)Identifique dentre os equipamentos de A aqueles que acessarão os Servidores através de protocolo RDESKTOP ou ÁREA DE TRABALHO REMOTA e/ou que acessem remotamente. Chamemos isto de TS.
  • Compre tantas CAL quantas forem as máquinas de A, e somente TS Device das Maquinas achadas em B.

Estou em dúvida em adquirir o software Windows e seus aplicativos (como o Excel, Word). O Linux disponibiliza todas as ferramentas que eu tenho no Windows?

 À exceção de aplicativos muito especializados (Acess por exemplo) , o Linux disponibiliza ferramentas que substituem a funcionalidade das existentes no Windows.

Você pode navegar na internet, inclusive executando programas Java e animações Flash, digitar seus textos, fazer suas planilhas de cálculo, fazer apresentações, ouvir música, entre outros.

Alguns destes programas têm inclusive versão para Windows e com isso, você pode utilizá-los de tal modo que ao mudar para Linux não haja muitas mudanças.

O GAIM (substitui o Messenger), o OPENOFFICE(substitui o Office), o Mozilla(substitui o Internet Explorer), o Kmail (substitui o Outlook) e o próprio X-Windows (interface Gráfica que substitui o WINDOWS). Veja em nossa área de Downloads, alguns desses aplicativos.

Algumas empresas já vendem os equipamentos com o LINUX Gráfico embutido, como o Magazine Luisa www.magazineluisa.com.br (veja a diferença nos preços de um equipamento com Linux e outro com Windows).

 Onde posso conseguir o Linux?

Por diversos meios: desde copiar a partir da internet, comprar um CD-ROM em bancas de revista, comprar um CD-ROM em sites especializados em venda de distribuições Linux a baixo custo, até mesmo comprar em grandes lojas. Se você desejar copiar uma distribuição Linux para seu computador, visite a nossa área de Downloads e escolha uma das opções disponíveis.

<topo>

[Mapa do Site] [Lista de Produtos&Serviços ] [Como Trabalhamos]

[Plano de Informática Grátis] [Serviços Linux] [Serviços Windows] [Atendimento Técnico]

©2005 Smart Union - Todos os Direitos Reservados